BLAZING WORLD

Science Fiction – Fantasy – Strange – Books – News – Space

Dragons

Deixe um comentário

Oarfish, Regalecus Glesne: A 23-foot long Oarfish that washed up at the Naval Training Center, Coronado Island, Calif, September 1996. The rare creature is a filter feeder and normally lives from about 700 feet deep to as much as 2,000 feet deep. Fish I.D. courtesy Peter Langstraat.

 

Uma das coisas que sempre me fascinou nos dragões foi o modo como as lendas relativas a estas criatura estão disseminadas um pouco por toda a parte, desde a Europa à China. Podendo ter diferentes aparências e ser malignos ou benignos. Na Europa assumiu o papel de vilão, havendo o relato de um que matou 3000 pessoas em França. Atrás dos dragões vieram as damas em perigo e os inevitáveis heróis – Siegfried, Sigmund, Beowulf, Arthur, Tristram, Lancelot, S. Miguel e S. Jorge.

Resta saber de onde veio esta lenda ( se realmente o é ). Alguns dizem que se tratou de um mero exagerar das características encontradas no répteis.

Outros defendem que os dragões surgiram das observações de fósseis na antiguidade. E há também que afirme que os dragões existiram realmente.

Se a primeira hipótese me parece rebuscada, a segunda parece ter alguma lógica.

Mas e se estas criaturas existiram mesmo? Últimos sobreviventes de uma espécie condenada? – recordemos o coelacanth. Mas onde estão os fósseis? Ainda poderão estar à espera de ser descobertos ou já estarão bem à frente dos nossos olhos? Seria o Megalania prisca ( monitor gigante com 5 metros e 500 quilos um dragão? )

Mesmo que não deitasse fogo pela boca, este monitor seria assustador. E repare-se que também nunca foi encontrado nenhum esqueleto completo… Oficialmente extinguiu-se à 30/40000 anos, mas há quem julgue que ainda existirão em alguns lugares remotos.

Mas e se a lenda for levada para o meio aquático ( veja-se o dragão chinês ). Mas estes relatos maritimos não se limitam à china. Veja-se até o relato ( hoax? ) do submarino alemão U-28 em 1915. Haverá por aí outro coelacanth?

Será o Nessie um dragão? E o modo como os dragões podem estar relacionados com os “thunderbirds”?

Duas fotos… interessantes. Diga-me que aquilo é o que parece…

“Flying reptiles were also reported in Europe in the Anglo-Saxon Chronicle.1 And an authority reported sighting a flying reptile near Mt. Pilatus, in Switzerland, as late as 1649.2 The folklore of the Sioux Indian tribe also tells the story of a flying reptile, named the “Thunderbird”, that was seen falling from the sky after being struck by lightning. It has appeared in Indian tales ever since. “

“The Navy ship U.S.S. Stein tangled with such a creature on its way to track submarines near South America. When its sonar equipment suddenly stopped working, the captain headed the ship back for repairs at the Long Beach Naval Dockyard. When the tough underwater sonar dome was examined in dry dock the crew found a big surprise. The rubber covering that protects the dome was torn and battered with dozens of big gouges. Hundreds of sharp, hollow teeth (or claws) were broken off in the covering. Some were longer than a inch. It looked as if some sea creature had been attracted to the underwater sound of the sonar and tried to bite it and break it. Naval Oceans Center made a decision. The animal “must have been extremely large and of species still unknown to science.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s